Comunidades Digitais : Ignição de redes comunitárias de acesso à internet com autogestão pelos próprios usuários locais.

São redes comunitárias de acesso à internet com autogestão feita pela própria comunidade. Os processos de seleção, capacitação, instalação, gerenciamento e suporte são as etapas executadas junto aos usuários da rede para que a iniciativa se consolide na comunidade. O processo de seleção permite identificar, dialogar e interagir com as comunidades interessadas em dar ignição em suas próprias redes, mediante análise de alguns critérios de viabilidade. A capacitação é o momento de trocas de saberes e de transferência do conhecimento técnico e de gestão para o gerenciamento da iniciativa local. A instalação é feita diretamente pelos atores que participaram da etapa de capacitação. O gerenciamento parte das premissas detectadas na seleção de que a comunidade já tem práticas coletivas consolidadas, onde somente é acrescido alguns processos pontuais para operacionalização e gerenciamento da rede comunitária. Por fim, o suporte é a soma da disposição local de técnicos comunitários já capacitados e o suporte complementar do IBEBrasil para garantir o tempo necessário de consolidação do conhecimento passado pelas etapas de capacitação e vivência. A sustentabilidade da rede comunitária local se dá através de processos associativistas, garantindo equilíbrio econômico de todas as partes envolvidas e a custos acessíveis para os usuários locais.